Liderança Positiva

A definição de Liderança Positiva introduzida por Kim Cameron, está baseada nos conceitos da psicologia positiva e nos processos de mudança baseados em aspectos positivos das organizações.

Segundo o autor, de acordo com esta perspectiva, a Liderança Positiva está baseada no que funciona nas organizações (em oposição ao que dá errado), o que energiza (em oposição ao que é problemático), o que é percebido como bom (em oposição ao que é contestável), o que é extraordinário (em oposição ao que é meramente eficiente) e o que é inspirador (em oposição ao que é difícil).

Dito de outra maneira, a psicologia positiva através de estudos científicos procura entender o que torna as pessoas saudáveis e o que contribui para que elas prosperem, para que sejam bem sucedidas e superem-se.

De acordo com esta abordagem Cameron estabelece quatro princípios de liderança básicos que contribuem para que as organizações floresçam e obtenham resultados excepcionais. São eles:

  • Criação de um clima positivo: que promova perdão e a expressão de reconhecimento no trabalho. A criação deste clima é fortemente influenciada pela atuação do líder. A promoção de emoções positivas como alegria, confiança, reconhecimento e a redução de emoções negativas contribui para o aumento da retenção de informações, da criatividade e da produtividade das pessoas.
  • Criação de rede de relacionamentos positivos: Além de contribuir para influenciar positivamente os colaboradores, os líderes facilitam a construção de relacionamentos positivos tais como as relações de mentoring. Além disso, os líderes aproveitam os pontos fortes dos colaboradores (o que eles sabem fazer bem) ao invés de suas fraquezas. Esta abordagem permite criar obter a excelência na performance e nos relacionamentos.
  • Criação de uma rede de comunicação positiva: Os líderes visam evidenciar objetivamente através do feedback as contribuições dos colaboradores para aumentar as chances deste comportamentos se repetirem no futuro. As críticas não são descartadas, entretanto elas são feitas com o objetivo de ajudar o colaborador a melhorar a performance e demonstram respeito e nunca cinismo.
  • Criação de um significado positivo no trabalho: é responsabilidade e papel da liderança infundir o propósito e significado do trabalho a cada um dos colaboradores explicando e evidenciando como o trabalho de cada um tem impacto importante e positivo no bem estar das pessoas. Quando os colaboradores sentem que seu trabalho tem significado, a sua performance melhora. As empresas que dão atenção a valores universais tais como, bem estar social, responsabilidade social etc.. cria uma forte relação com seus colaboradores.

Outra perspectiva com foco positivo que visa promover uma cultura de vitalidade e aprendizagem nas organizações são quatro medidas que os líderes podem adotar para melhorar o desempenho dos colaboradores:

1) Dar liberdade para tomada de decisões. Conferir o poder para que um colaborador tome decisões que afetam o seu trabalho, aumenta o senso de controle e cria mais oportunidades de aprendizado.

  • Como você pode aumentar a liberdade para a tomada de decisões dos seus colaboradores?
  • É possível aumentar a autonomia deles no que se refere à tomada de decisões?

2) Compartilhar informações. Um colaborador pode dar uma contribuição mais eficaz quando entende que seu trabalho se encaixa na missão e na estratégia da empresa. Alguém vai se sentir à vontade para tomar decisões se não tiver informações com credibilidade sobre os números atuais?

  • Como você pode contribuir para criar um sistema de informações mais ágil e eficaz?
  • Quais informações específicas devem ser compartilhadas para gerar um resultado mais eficiente?

3) Minimizar a incivilidade. O custo da incivilidade é imenso. Ela tem impacto sobre a produtividade, a qualidade do trabalho, o compromisso, a criatividade e a motivação.

  • Alguém vai poder tomar boas decisões se tiver medo de ser ridicularizado?
  • Como você pode contribuir para reduzir a incivilidade do ambiente de trabalho?
  • As pessoas são tão elogiadas quanto criticadas?
  • Existe algum rótulo negativo empregado para descrever a empresa ou os colaboradores? Como esses rótulos negativos podem ser substituídos?
  • Como é a recepção dos novos colaboradores? Eles se sentem acolhidos e bem recebidos?

4) Dar feedback sobre o desempenho. O feedback abre oportunidades para o aprendizado. Ao eliminar a sensação de incerteza, mantém atividades ligadas ao trabalho focadas em metas pessoais e organizacionais. Quanto mais rápido e direto, mais útil o feedback.

  • O feedback rápido, informal, no dia a dia, faz parte da rotina da sua organização?
  • Na sua percepção os colaboradores perdem oportunidades valiosas para dar feedback para outros membros?
  • Todos estão preparados para dar feedback com respeito e transmitir colaboração para quem recebe?
  • Muitos assuntos são “acumulados” e acabam por serem comunicados de uma única vez?
  • O que isto gera?
  • O que, especificamente, pode ser melhorado no processo de feedback?

Em conclusão, a Liderança Positiva fortalece o princípio que resultados extraordinários podem ser alcançados com a contribuição dos líderes preparados para aproveitar os pontos fortes dos colaboradores, criando e apoiando uma cultura de desenvolvimento e aprendizagem e baseada no destaque e multiplicação de melhores práticas.

Bibliografia consultada:
Positive Leadership, Kim Cameron, 2008, Taunton Press
“Como criar um desempenho sustentável” por Gretchen Spreiter e Chistine Porath em Harvard Business Review edição Brasileira Janeiro 2012 pp.43 a 49.

One thought on “Liderança Positiva

  1. Olá, gostei do artigo, aguardo mais dicas como esta. Para mim que estou começando agora são dicas muito importantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *